Três dias em Nova Campina com Portal D Moto



Três dias com o Marcos Duarte, editor do Portal D Morto percorrendo o caminho dos arenitos aqui em Nova Campina. Portal D Moto publicou matéria especial sobre os cânions de Nova Campina 

MarcosDuarte é jornalista e advogado, pessoa bem sucedida, dono de um perfil muito interessante: bem humorado, inteligente e muito criativo, é apaixonado por Motocicletas e pela natureza. Assim, ele conseguiu fazer do Portal D Moto, o espaço ideal para quem não vive sem essas duas maravilhas.
Em sua passagem por Nova Campina percorremos mais de 150 km pelas estradas e matas que abrigam o caminho dos famosos paredões de arenito de Nova Campina. 
Um pouco dos pontos percorridos:

Primeiro dia: Cedro e suas belezas


Belezas do Sítio Alto da Pedra,no Cedro
Montado em sua Transalp, Marcos gostou da estrada de acesso até o bairro. O primeiro ponto escolhido foi o Mirante Morro da Mina. Dotado de uma beleza ímpar, este foi o local que escolhemos para o primeiro contato de Marcos com os famosos paredões de arenito de Nova Campina. No Cedro, Marcos fez diversas fotos e ainda desfrutou de um cenário encantador. No Mirante, onde é possível ver os demais pontos do Escarpamento em Nova Campina, ele já pode ter as primeiras explicações sobre a localização dos demais pontos. Deste mirante, que é o mais próximo da cidade, é possível observar os demais, mais ao sul do Município.

Além dos mirantes, seguimos ainda até os trilhos que cortam a localidade e em seguida chegamos às águas do Salto.

Também passamos pelo Sítio Alto da Pedra. Um local maravilhoso e recheado de boas informações com a Dona Irene Camargo.

Segundo dia: Fornos Fracarolli

   
Fornos conjugados, monumentos históricos da região
Recebidos pelo Sr. José e sua esposa, que atendem a Fazenda, a passagem pelo local foi muito boa. Marcos conversou muito com o Sr. José. Dele, tirou algumas informações que estarão na publicação do Portal D Moto. No Fracarolli as atrações ficaram por conta das belezas dos fornos e sua história, além das águas límpidas e refrescantes. Locais onde a visitação é monitorada e devidamente controlada, Isso é muito importante, uma vez que as pessoas, em situações onde não há controle, estragam, sujam e acabam com o lugar.  


Pedra da Minerita ao fundo, no Mirante da estrada
Mirante da Estrada. No mirante da estrada, uma parada para contemplar o cânion Taquari e ainda a beleza da Pedra da Minerita.

Antes de chegar ao Mirante do Estreito, uns 20 minutos de uma boa trilha de moto pela estrada. 
Estreito e suas belas escarpas



No Mirante Estreito. Lugar singular, de onde se pode contemplar as belezas do início do Cânion Pirituba, entre Itapeva e Nova Campina, além da aproximação com um paredão lindo.

Nas escarpas do Estreito ficamos apequenados e nos sentimos seres minúsculos diante de tamanha magnitude. É bom lembrar que o Mirante do Estreito, que foi o segundo a ser visitado faz parte dos mais de 10mirantes que Nova Campina oferece. Alguns, de fácil acesso, outros, nem tanto.
Cânion da Borda



Mirante da Borda. Este é um mirante mais isolado, mais selvagem, se é que podemos assim afirmar; Chegar ao local exige um pouco de ousadia...

No Mirante da Borda, como não podia ser diferente, um misto de beleza e mistério. Poder ter acesso a uma vista maravilhosa, de um vale de densa mata, com um sol de final de tarde acompanhando-nos e embelezando ainda mais o passeio. Veja nas fotos!
Marcos tentando chegar ao topo



Mirante do Macaco. Mirar a beleza do horizonte preenchido pela união de um lugar calmo, afastado, acima das árvores é algo corriqueiro no Mirante do Macaco. Chegamos, paramos e apenas paramos, num descanso para a alma e para os olhos.

Marcos Duarte entre árvores e rochas, no Mirante do Macaco



Terceiro dia: Cachoeira do Barreiro


no terceiro e último dia, resolvemos passar na cachoeira doBarreiro. A Cachoeira, que impressiona pela beleza, e, mesmo com as águas não tão puras (é o que parece ser) talvez por resíduos ou rejeitos industriais, ainda consegue ser um convite para contemplação. É como sempre eu digo: 
O Rio não tem culpa. Ele é naturalmente belo e inocente. A responsabilidade deve ser nossa. Ele é apenas vítima da falta de compromisso do Ser Humano. Se em algum ponto, as atividades humanas mudaram a sua constituição natural, não o despreze. Não despreze sua beleza!
  
Assim finalizamos o roteiro. Três dias não foram suficientes para ver tudo e muito menos reunir tanta informação numa só postagem.



Nova Campina, em seu contexto de belezas naturais, apresenta potencialidade, principalmente nos seus famosos paredões de arenito. E aí que está,talvez,  a maior riqueza de nosso território quando o assunto é beleza natural. Toda a extensão territorial do município foi presenteada por Deus com essas raras formações do Sul-sudeste do Brasil. Para saber mais: Escarpamento Estrutural Furnas

                                 




























































































































Postagens mais visitadas deste blog

Nova Campina, Itapeva e Bom Sucesso de Itararé numa rápida passagem

Bike nos mirantes de Nova Campina

Trilha familiar