Nossas Prioridades

Blog do Juliano Camargo



Não é sábio viver sem o estabelecimento de objetivos a serem alcançados. Todos nós necessitamos de metas e definição das melhores estratégias a fim de atingirmos o que elegemos como nossas prioridades. O Conselho de nossa igreja, atento às necessidades de nossa comunidade, destacou cinco princípios que norteiam nosso planejamento anual e que devem ser observados por todas as sociedades internas e departamentos em suas atividades, com o propósito de consolidar e impulsionar nosso crescimento integral.
COMPROMISSO COM AS ESCRITURAS E OS SÍMBOLOS DE FÉ – Cremos que a Bíblia é divinamente inspirada, suficiente e inerrante. Não é sem propósito que afirmamos ser ela nossa única regra de fé e prática. Nosso culto, nosso ensino, nossas diversas atividades sociais e culturais devem ser todos norteados pela palavra de Deus – “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos” – Sl 119.105. Cremos também que a Confissão de Fé de Westminster e seus Catecismos (Maior e Menor) são uma correta interpretação das Escrituras e, portanto os subscrevemos. Uma igreja que não prioriza o ensino bíblico corre o sério risco de desviar-se da verdade e tornar-se completamente irrelevante para a sociedade na qual está inserida (I Tm 1.3-4).


COMPROMISSO COM A IGREJA LOCAL – Nossa amada igreja necessita que seus membros, independente de faixa etária, padrão econômico e nível de  escolaridade, desenvolvam seus dons e talentos com mais afinco e dedicação. Percebemos que muitos faltam demasiadamente às atividades regulares e quando comparecem ainda chegam atrasados sem que exista justo motivo para tais práticas. Nosso compromisso com a igreja local reflete nosso relacionamento com Deus e nossa visão quanto à sua missão como “boca” do Senhor no mundo.
COMPROMISSO COM A EVANGELIZAÇÃO – O privilégio de anunciar o amor de Deus aos perdidos é concedido a todos os cristãos. Não há um só membro do corpo de Cristo que não tenha sido chamado e capacitado a testemunhar da salvação preparada por Deus na pessoa bendita de Cristo Jesus. Sabemos que existem várias formas para comunicarmos o evangelho e que de acordo com os dons e talentos concedidos por Deus temos mais aptidão para umas que para outras, porém ninguém pode afirmar (sem contrariar a Bíblia) que não foi chamado para evangelizar (Mt 28.18-20, At 1.8).
COMPROMISSO COM A COMUNHÃO – Uma das características de uma comunidade cristã sadia é o elevado nível de comunhão entre seus membros. Uma igreja onde as pessoas simplesmente entram, ouvem e saem sem se importar com a pessoa que está ao seu lado pode ser comparada a um “self service espiritual” e o frequentador ouvinte a um consumidor. O modelo bíblico de igreja é caracterizado pela comunhão (At 2.42-47). O individualismo e os “grupinhos” sempre foram condenados nas Escrituras (I Co 1.10-17, 11.17-22, 12.12-27).
COMPROMISSO NA DEVOLUÇÃO DOS DÍZIMOS – A doutrina bíblica da devolução dos dízimos está presente tanto no Antigo quanto no Novo  Testamento (Gn 14.18-20, 28.10-22, Ml 3.6-12, Mt 23.23). Aquele que foi alcançado pelo evangelho e consequentemente teve sua vida transformada, com alegria entrega os dízimos e as ofertas para a expansão do reino de Deus (Lc 8.1-3, At 4.32-37, 8.1-15, 9.6-15, Fl 4.10- 20). A fidelidade na devolução dos dízimos e na doação das ofertas honra a Deus, permite a manutenção dos projetos em andamento, o início de novos projetos e é bênção para quem contribui.
Os princípios mencionados devem ser valorizados e aplicados plenamente por todos nós da Primeira Igreja Presbiteriana de Vitória, que em incessante oração a Deus devemos suplicar perseverança na graça (At 13.43) para alcançarmos nossos objetivos.
Rev. Jailto de Lima
fonte: http://ipbvit.org.br

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Campina, Itapeva e Bom Sucesso de Itararé numa rápida passagem

Bike nos mirantes de Nova Campina

Trilha familiar