26 novembro 2011

Há muitas moradas



Esta foto foi tirada no dia na perda de minha sobrinha, Thalia.

Neste dia eu estava chegando de Itapeva, vindo do hospital onde ela faleceu.

Ainda estava pensativo com relação ao fato, muito pensativo. A tristeza e o sentimento de dor eram demais.

Ouvindo a canção "Jesus é o Caminho", canção de Heloísa Rosa, eu olhava para esta cena (o nascer do sol) e chorava. Chorava, chorava e chorava.Não sabia o que fazer. Mais uma vez, a vontade de sumir no meio do nada. Retornava aquele sentimento que, em 23 de junho de 2001, tomou conta de mim. A morte de meu pai.

Por acaso estava com uma máquina fotográfica e resolvi parar o carro e registrar uma foto.Uma foto daquela cena linda. Um cenário de vida, para mim revelando a grandeza do Criador que é o pai da eternidade. Olhava para o nascer do sol e falava com Deus. Expressava em palavras todo aquele sentimento de dor. Deus me ouvia e algo falava muito forte em meu coração: "Ela era uma criança, uma filha querida do Pai e, neste momento, já está em caminhos de paz e de vida, vida eterna".

Parece estranho uma pessoa, num momento de perda, ainda pensar em tirar uma foto, mas foi o que fiz. Eu, na verdade, estava arrasado e olhava no horizonte, chorando, pedia a Deus que confortasse o coração de minha família e eu.

Hoje, sempre que vejo esta foto, me lembro deste dia. Um dia triste, mas que traz à tona a, a maior verdade da vida: a morte.

Para nós que cremos em Jesus e na sua ressurreição, esta verdade é algo que nos faz parar e repensar a nossa vida, nossos atos e, o que estamos fazendo em nossa caminhada aqui neste mundo.

Caminhamos para onde?

Para onde você está caminhando? Qual é o seu caminho? O que você está fazendo de sua vida?

Nunca se esqueçam, um dia você vai deixar este mundo. E aí? Para onde irá?

O que vai deixar?

Em setembro, eu postei esta mensagem:

"É bom quando a gente percebe que podemos contar com pessoas que, por existirem e serem valorosas e ainda nos cercarem com sua presença, sua amizade e atenção, deixam nossa vida mais feliz e alegre. Essas pessoas devem ser valorizadas e reconhecidas, sempre. São como tesouros; tesouros preciosos e nos mantém cheios de vida. Você, amigo, irmão, é uma dessas pessoas. Obrigado pelo carinho e amizade. Será sempre lembrada, aconteça o que acontecer. Adoro a sua amizade! (Juliano Camargo - 14 de setembro de 2011)

"O melhor da vida está na gratidão. Reconhecer o dom precioso que Deus nos deu e aproveitar ao máximo, com espírito de gratidão e louvor, às pessoas ao nosso redor, a benção do trabalho, as pessoas que nos fazem sentir mais fortes e melhores e reconhecer principalmente, que é Deus que nos deu tudo isso e ainda, que Ele é nosso mantenedor fiel". Graças te dou, Oh SENHOR”(Juliano Camargo - 15 de setembro de 2011)

Fica a reflexão para nossas vidas.

Na saudade e na tristeza, quem crê em Cristo sempre tem esperança.

Quem crê em Cristo louva em todos os momentos.

Juliano Camargo

Abraço,

Juliano Camargo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POST

POST