Falta de água no Barreiro : Blog do Juliano Camargo acompanhou com exclusividade o caso

Nova Cosntrução


Por motivos de problemas de causa natural, o Barreiro ficou sem água por esses dias. A falta da água causou dificuldades aos moradores. Nesta semana, por intermédio da vereadora Cleuza Cavalheiro e Toninho Cavalheiro, o problema foi sendo resolvido aos poucos. Toninho acompanhou de perto toda a operação de socorro aos moradores.O socorro foi feito por meio de um “caminhão pipa da prefeitura” – “Ford Verde”, onde os moradores foram recebendo água direto em suas caixas. Isso na terça e quarta-feira desta semana.


Região afetada

Problema

Veja também : ÁGUA - Publicação de 27 de abril de 2011

Na tarde de ontem,6 de outubro, quinta-feira, percorremos o caminho feito pela água que abastece o bairro. O pouco fluxo de água, foi, segundo informações, o que acarretou o impedimento de chegada de água até a caixa principal de 30 mil litros que abastece o bairro. Uma nova barragem de água foi construída pela prefeitura na quarta-feira (5).

Nova Barragem

Na tarde de ontem, 6, por volta de 13h30, o acúmulo de água já havia chegado a um bom nível nesta nova barragem. (fomos ver o local).

Segundo informações dos responsáveis pela operação, o fluxo da água acumulada nesta nova barragem seria liberado após a chegada de uma nova bomba d'água para lançar a água até a caixa principal de recepção de água. A bomba atual estaria com problemas no rolamento, informou um dos trabalhadores da operação.

Flechas indicam local aproximado onde foi construída o novo poço.

Círculo maior mostra área de onde nascem as minas e que precisa de preservação e fiscalização. O menores mostram o caminho da água.

Bomba Dgua

Fomos também, durante o período da tarde, até o local onde fica instalada a bomba. Neste momento, por volta das 14h20, o sistema de captação e distribuição de água estava paralisado por motivos óbvios - Aguardando o maior acúmulo de água na barragem e aguardando a bomba para envio da água da barragem até a caixa central.

A chegada da nova bomba era esperada para o dia de ontem (6), a partir das 16 horas.

Ficamos no barreiro até as 19h45 e a bomba ainda não havia chegado.

Até o presente momento ( 09h35 – dia 7 de outubro ) não temos informações se a bomba já está instalada no local devido. Iremos verificar.

SABESP

Para auxiliar na operação emergência, a Sabesp, por solicitação da prefeitura enviou três caminhões pipa para enviar água até a caixa principal de distribuição de água para o bairro.

A caixa estava vazia. Na tarde de ontem, por volta das 15h10, também acompanhamos a segunda carga enviada pela Sabesp. Nesta carga, houve certa dificuldade para transportar a água até a caixa: não havia encanamento adequado. Com esforço de dois funcionários da prefeitura - Joel e Amaraí - , o serviço foi executado. Enquanto isso o caminhão pipa da prefeitura distribuía água nas casas.

O Caminhão da Sabesp ainda retornou mais tarde, por volta das 17 e colocou mais água na caixa principal de distribuição.

INFORMAÇÃO

Permanecemos no bairro até as 19h45. Informações da prefeitura davam conta de que ainda naquela noite a bomba chegaria.

Retornamos para nossas casas e não havíamos tido noticias sobre a chegada da bomba.

A caixa principal, agora com 18 mil litros seria aberta para distribuição temporária de água aos moradores.

Mais de cem casas

Um dado não exato revela que ao todo, são mais de cem casas afetadas pela falta de água nos últimos dias.

Lavagem da Caixa

Em conversa com vários moradores, percebemos que a solicitação é de que a caixa do bairro seja lavada.

Juliano Camargo

www.julianocamargo.blogspot.com

Acompanhando de perto os fatos.

Juliano Camargo

7 de outubro de 2011 – Sexta-feira






Comentários

  1. Que VERGONHA, precisar vir outra VEREADORA(C.C.)que nem mora no Bairro para ajudar a população, e tem VEREADOR local que diz que será candidato a PREFEITO ? Tem cabimento um negócio desses, se nem do seu próprio Bairro cuida!!!!! Que capacidade tem de administrar um município? Ser oposição não basta mostrar e criticar os problemas tem que dar solução, como representante do povo você D.V. é muito fraco!!!!O BARREIRO está abandonado!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. na minha opinião vereador nao é do bairro e sim do municipio todo, não só um ou dois deviam ajudar a resolver o problema e sim todos os vereadores de nova campina .E hora dos eleitores comecarem a pensar em renovar a camara inteira , e mostrar que NOVA CAMPINA tem uma geração que SONHA c mudanças .PARABÉNS prof. JULIANO C O N T I N U E ...

    ResponderExcluir
  3. Parabéns prof. juliano pelo trbalho desenvolvido no M U N I C I P I O

    ResponderExcluir
  4. Olá Juliano, parabéns pela excelente matéria, sou seu fã, kkk, mostrando a realidade do Bairro do Barreiro, que necessita urgentemente de distribuição de água potável, uma vez que todo esse movimento, está sendo feito para uma água não tratada. SABESP já, essa é a solução.

    ResponderExcluir
  5. Barbaridade!

    Cadê a SABESP que prometeu trazer água tratada para os moradores do Barreiro.
    Justiça seja feita, pois em um passado não muito distante o vereador Daniel Veiga cobrou que antes de assinado a renovação do contrato com a SABESP, a prefeitura deveria fazer cumprir o que foi prometido pelos chefões da SABESP.
    Queremos renovação na Câmara já.

    ResponderExcluir
  6. se o mauricio com o niltinho disser q vai sair junto na próxima eleição vai matar o eliel e a laise do coração eles morrem de medo pq saber q se eles entrar os 14 vão ficar pra traz hehehehe peço p vc publicar juliano pq tenho feito muitos comentários e ñ aparece onde ta sua democracia isso q um professor exerce sua cidadania? omitindo o q o povo pensa desses corruptos de nc

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar, no entanto, sem ofender. Seja cívico.