31 agosto 2011

Professor deve trabalhar por amor, não por dinheiro. Você concorda?




Olha o que pensa o governador do Ceará, Cid Gomes, sobre a carreira dos professores. (Juliano Camargo)


Eu acho que a questão da luta por um salário que valorize nossa classe não tem nenhuma ligação com a declaração do governador. Ele confundiu totalmente as coisas.

Juliano Camargo

O Governador do Ceará, Cid Gomes, protagonizou a frase mais exdrúxula do dia, afirmando que os professores devem “trabalhar por amor, não por dinheiro”. Um absurdo total!Pobre país que não dispõe de recursos para pagar sequer um piso salarial de R$ 1 100 aos seus professores, com 40 horas semanais de jornada. Algo está errado nisso. Nós não podemos aceitar esse argumento da restrição orçamentária, os governadores e prefeitos dizendo que os reajustes salariais impostos pela decisão do STF irão quebrar os estados e municípios. Há uma charada nesse argumento.

Aonde estão os recursos da EDUCAÇÃO?

Veja parte da nota que saiu no iG:“O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), mandou um recado nesta segunda-feira (29) para os professores da rede estadual de ensino em greve há 24 dias – eles querem aumento de salário. Para ele, quem desenvolve atividade pública deve colocar o amor pelo que faz na frente do retorno financeiro. “Quem entra em atividade pública deve entrar por amor, não por dinheiro”, disse o governador. A afirmação já havia sido atribuída a Cid Gomes por professores que participaram de uma negociação pelo fim da greve. Há uma semana o governador teria dito. “Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado”. “Quem está atrás de riqueza, de dinheiro, deve procurar outro setor e não a vida pública”



A imprensa pediu um “tira-teima” e Cid disse praticamente a mesma coisa, mas de uma forma mais branda. “Isso é uma opinião minha que governador, prefeito, presidente, deputado, senador, vereador, médico, professor e policial devem entrar, ter como motivação para entrar na vida pública, amor e espírito público”, declarou. “Quem está atrás de riqueza, de dinheiro, deve procurar outro setor e não a vida pública”, completou.

fonte: http://www.observadorpolitico.org.br