Dedo de Deus – Espírito Santo/Brasil

“Eis aqui um lugar junto a mim; e tu estarás sobre a penha. Quando eu passar a minha glória, eu te porei na penha e com a minha mão te cobrirei, até que eu tenha passado com a minha bondade.” (Êxodo 33.20-21) O povo de Deus nos dias de Moisés era muito instável. Ao mesmo tempo em que Deus lhes concedia vitórias tremendas, como atravessar o Mar Vermelho a pés enxutos, eles eram capazes de pela demora de Moisés, curvarem-se diante de um bezerro de ouro e chama-lo de o deus de Israel. Conduzir um povo caracterizado por ser murmurador, rixoso, impaciente, propenso ao retrocesso diante das aflições, iria requerer de Moisés uma experiência intensa com Deus e um ouvido apurado para boas orientações. - A Boa Orientação: Uma boa orientação dada a Moisés, veio de seu sogro Jetro. O povo era numeroso, o trabalho intenso e desgastante, as cobranças eram ininterruptas e Moisés desfaleceria diante de tamanho desafio. Jetro o orientou, com sabedoria divina, que o trabalho fosse dividido, as responsabilidades compartilhadas e o poder delegado, para que na mútua cooperação, o povo seguisse célere na caminhada. Sábio conselho. Mas, sábia também, foi a decisão de Moisés em acatá-lo. Nem sempre boas orientações recebem o tratamento adequado. Muitas vezes, por falta de humildade em perceber que Deus levanta de maneira ordinária, pessoas para tarefas extraordinárias e outras vezes por insegurança no ofício de liderar. Perceber boas orientações levantadas por Deus e aplica-las ao povo tem sido em muitos lugares um grande desafio para o sucesso da caminhada.

- A Experiência Intensa com Deus: O momento era crítico: Em meio à idolatria, mortandade e Deus dizendo que não iria entre o seu povo. Nada inspirador para uma caminhada que mal tinha iniciado. Moisés percebe a necessidade, diante do caos humano/social, de se retirar para um momento a sós com o Eterno, para buscar ser guiado por algo maior – a glória de Deus. A experiência intensa com Deus deve nos conduzir a uma vida de busca da glória do Senhor em nossas vidas. Na busca da glória de Deus, Moisés encontra a manifestação da bondade do Senhor (Êxodo 33.19). O local desta manifestação da bondade de Deus - a penha. Lugar de uma inesquecível experiência que norteou todo o ministério deste tremendo servo de Deus. O local era rude, mas a experiência com Deus – sublime. Muitas vezes, em momentos difíceis e em lugares insólitos de nossa caminhada, Deus revela sua bondade e nos enche de sua glória! Toda esta extraordinária experiência abasteceu o coração de Moisés em sua desafiadora caminhada! Assim seja conosco também! Mostra-nos, Senhor a tua bondade em nossa caminha de fé em fé e de glória em glória!

Pr. Carlos Orlandi Jr

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Campina, Itapeva e Bom Sucesso de Itararé numa rápida passagem

Bike nos mirantes de Nova Campina

Trilha familiar